Polícia Civil deflagra Operação “Acalento” e prende suspeito da prática de crimes sexuais em Medina

O crime teria sido cometido contra a própria sobrinha de 16 anos

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia de Polícia Civil em Medina, prendeu, na sexta-feira, 02/07/2021, um homem, de 51 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva em Medina, na região do Jequitinhonha. O desfavorecido é investigado pela prática dos crimes de estupro de vulnerável e favorecimento de exploração sexual de adolescente ou de vulnerável, que teriam sido cometidos contra sua sobrinha, de 16 anos, que possui um déficit cognitivo, no dia 30/6/21 e em data pretérita.

A PCMG foi procurada pela família da vítima, que relatou os fatos, sendo de pronto instaurado o inquérito policial, ouvidos os envolvidos, bem como requeridas as medidas protetivas a favor da adolescente. No dia seguinte, a PCMG representou pela decretação da prisão preventiva do desfavorecido, em razão da gravidade dos fatos, bem como o abalo da ordem pública causado, sendo decretada a medida cautelar pelo Juízo da Comarca de Medina após manifestação favorável do Ministério Público.

Ciente da decisão judicial, a PCMG diligenciou, logrando êxito na localização do desfavorecido em um sítio na zona rural do município, no final da tarde da sexta-feira. Após prestar as suas declarações e cumpridas as providências de praxe, o desfavorecido foi encaminhado ao Departamento Penitenciário em Itaobim, onde permanecerá à disposição da Justiça.

O inquérito policial que apura os crimes será concluído e remetido à Justiça até o fim desta semana. A ação da PCMG faz parte da Operação “ACALENTO”, que está sendo realizada durante todo o mês em todo o território nacional, com vistas à repressão aos crimes sexuais praticados em face de crianças e adolescentes no país. (Fonte: PCMG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *