Jornal Olho Vivo entrevista Deputado Neilando Pimenta

Em entrevista ao jornal Olho Vivo, o Deputado Estadual Neilando Pimenta ( PODEMOS), espera que o Hospital Regional de Teófilo Otoni, até o fim de 2022 já possa estar funcionando em pleno vapor. “Até o final do mês vamos ter a ordem de serviço em definitivo e para o mês de setembro, a mobilização da empresa que vai trabalhar no término da construção. O edital para definir quem vai gerir esse hospital já está tramitando na Secretaria de Estado de Saúde. Teremos ainda neste semestre um avanço significativo da conclusão dessa obra“, destaca ele.

O deputado reforça ainda que a conclusão da obra do Hospital Regional trará estrutura na área da saúde para a população de Teófilo Otoni e de várias cidades sem estrutura hospitalar. “É uma obra que representa para Teófilo Otoni uma mudança de cenário , seja no atendimento da saúde para a população da cidade e para toda a região do Mucuri e Jequitinhonha como para a geração de emprego. O hospital terá 427 leitos, o que demonstra ser 5 empregos para cada leito. Vamos ter mais de 2.000 vagas de trabalho direto. Isso vai mudar a economia da cidade, vai trazer um novo cenário para Teófilo Otoni”, disse o deputado.

Retomada

O Projeto de Lei 2.508/21 que trata do acordo com a Vale do rio Doce foi sancionado em 28 de julho foi sancionada pelo Governador Romeu Zema, em cerimônia no Palácio Tiradentes. Em discurso, o Governador Romeu Zema confirmou a retomada das Obras do Hospital Regional de Teófilo Otoni de imediato, como prioridade, informado que a população da nossa região em breve terá acesso ao melhor atendimento que um hospital possa oferecer.

O acordo garante a retomada das obras do Hospital Regional de Teófilo Otoni, com o orçamento no valor de R$ 173 milhões de reais para o término das obras e aquisição de todos os equipamentos necessários para o funcionamento do hospital. O Hospital Regional fica às margens da BR-116, que visa atender 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS), uma população de 1,2 milhão de pessoas de 86 municípios, com serviços para demandas de média e alta complexidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *